Apesar de cotações mistas, preço do suíno segue em bons patamares

A semana se encerra com o mercado de suínos com cotações mistas, mas ainda com bons preços. De acordo com análise da Scot Consultoria, mesmo com a entrada da segunda quinzena, a demanda está ativa, e o surto de coronavírus tem feito os consumidores irem aos supermercados gerando mais saída de mercadorias. As exportações de carne suína seguem em bom ritmo e a forte valorização do dólar deve manter o produto brasileiro atrativo no mercado externo.

Em São Paulo, de acordo com a Scot, a arroba do suíno CIF ficou com preço estável em R$ 110/R$ 112, enquanto o quilo da carcaça especial teve queda de 3,41%/2,22%, chegando a R$ 8,50/R$ 8,80.

No caso do suíno vivo, segundo informações do Cepea/Esalq, referentes à quinta-feira (19), houve aumento no preço do quilo do animal em 0,18%, tanto para o Paraná (R$ 5,61), quanto em Santa Catarina (R$ 5,47).

Ficaram estáveis os preços em Minas Gerais, com R$ 5,89/kg, no Rio Grande do Sul, com R$ 5,31/kg, e em São Paulo, fechando em R$ 5,90/kg.

Fonte: Notícias Agrícolas

Relacionados

Deixe um Comentário