Para Marcelo Lopes, da ABCS, o evento e IX Congresso Internacional de Suinocultura se firmam como parte estratégica e tradicional do setor. “Já consagrados por reunir as principais lideranças da cadeia suinícola”

 

A suinocultura brasileira teve um início de ano contrário as perspectivas feitas há seis meses atrás, nas quais o cenário apresentava disponibilidade razoável de grãos e de manutenção, com possibilidade de crescimento nas exportações do suíno vivo. Em partes, decorrência dos embargos russos à carne suína nacional. Por outro lado, os embarques brasileiros de carne suína podem ser beneficiados pela guerra comercial entre Estados Unidos e China.

E neste cenário de incertezas a carne suína comprova sua força como um setor representativo no agronegócio brasileiro, e o destaque é resultado da produção de um produto de qualidade internacionalmente reconhecido, e também da promoção dentro do mercado interno, por meio de ações de marketing com resultados comprovando o sabor e a versatilidade da nossa proteína. Para o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suíno (ABCS), Marcelo Lopes, os eventos que fomentam a suinocultura são importantes porque reúnem as principais tendências do setor, trazem relevantes discussões técnicas para os profissionais e unificam a cadeia por sempre reunirem representantes de todos os elos, produtores e lideranças.

Dessa forma a PORKEXPO se consolida como um evento tradicional e estratégico do nosso setor, já consagrada por reunir as principais lideranças da esfera suinícola, além da programação técnica de alto nível nos seminários e palestras. “Nesses 16 anos de história, a PorkExpo sempre trouxe inovação e uma excelente oportunidade para nos unirmos e fortalecer nossa cadeia, o que esperamos que aconteça também neste ano desafiador que está sendo 2018”, salienta Lopes.

Com o tema “CARNE DO FUTURO”, a edição 2018 será realizada em dois dias, 26 e 27 de setembro, no Hotel Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention, em Foz do Iguaçu, no Paraná. A região estratégica representa um importante polo para o desenvolvimento da suinocultura brasileira, como destaca Marcelo. “Cerca de 60% da produção de suínos no Brasil está na região Sul, então temos uma grande representatividade nesta área”. De acordo com dados levantados no Mapeamento da Suinocultura Brasileira (ABCS, 2015) a localidade reúne plantas industriais com alta tecnologia e cooperativas que vem modernizando e expandindo sua operação nos últimos anos, trazendo uma ampliação no plantel brasileiro e maior participação do produto nacional em países como China e Hong Kong, por exemplo.

Uma participação que pode aumentar ainda mais no gigante mercado Chinês. Já que os embarques brasileiros de carne suína devem crescer devido a provável elevação da tarifa de importação da China aos Estados Unidos. “Este é o momento de aproveitar as oportunidades, não podemos focar apenas nas portas fechadas, precisamos buscar abrir janelas, procurando por novos mercados, e mostrando ao mundo que a nossa carne suína é a melhor. E a PORKEXPO solidifica isto, mesmo em um ano difícil, política e economicamente, já estamos com a casa cheia, porque o setor se transforma a medida em que investimos nele”, complementa a diretora da Safewayagro, organizadora do evento e presidente da PORKEXPO 2018, Flávia Roppa.

Além de discutir o tema “CARNE DO FUTURO”, o evento contará com as palestras do IX Congresso Internacional de Suinocultura. Os participantes da PorkExpo 2018 terão acesso a uma série de eventos paralelos, como: Cursos nas áreas de Produção, Nutrição e Sanidade; Feira de negócios; Reuniões técnicas de empresas; Melhores trabalhos científicos; Prêmio Melhores do Ano da Suinocultura e a “Chopada” nos estandes na noite do dia 27.

Sobre a PORK EXPO:

A PorkExpo nasceu em 2002 para se consolidar como o maior evento da suinocultura mundial, e tem como expositores empresas nacionais e internacionais que atuam diretamente na Suinocultura. Com um público altamente qualificado, o evento é uma ocasião única para empresas promoverem seus produtos e serviços. Também é uma oportunidade para empresas que buscam reforçar a sua marca e presença no mercado brasileiro e da América Latina.

Os participantes são fabricantes e fornecedores da Suinocultura nas seguintes áreas: Genética, Nutrição, Transportes e Logística, Saúde Animal, Serviços, Software para gerenciamento, Equipamentos, Armazenagem, Insumos, Sementes e Grãos, Produtos Veterinários, Inseminação Artificial e Equipamentos para laboratórios.

Entre as empresas que já confirmaram presença estão: Alltech, Casp, Yes, Microvet, Embrapa, Trouw Nutrition, Big Dutchman, ABCS, Ceva, Maxsui, Vetoquinol, Mig-Plus, AB.NEO, Usixtek, Vaccinar, Crystal Spring, De Heus, STA, Sauvet, Plasson, Suinorte, Avioeste, Dosatron, MS Shippers, Agrozootec, PolySell, NTC, AgroAmbiência, Museu Suínos, Farenzena, ICC, Technofeed, Agromarau, Safeeds, ABPA, Choice Genetics, MSD, DB, Scrofa Tech, Equittec, Huvepharma, InoBram, Forluz, GX do Brasil e muito mais.

Mais informações:
www.porkexpo.com.br
porkexpo@safewayagro.com.br
+55 (19) 3305.2295

Fonte: Revista PORK