Suíno: animal vivo segue em queda nas principais praças produtoras

Mais desvalorizações nas cotações de suínos nesta quarta-feira (05). Segundo análise do Cepea/Esalq, a mesma movimentação vem sendo registrada para a carne de frango. As baixas nos preços da carne suína estão atreladas à demanda interna enfraquecida e ao menor ritmo de exportações.

Em São Paulo, de acordo com a Scot Consultoria, o preço do quilo da carcaça especial permeneceu estável em R$ 7,30/R$ 7,60. Já a arroba do suíno CIF teve queda de até 2,06%, chegando em valores de R$ 94/R$ 95.

No caso do suíno vivo, segundo dados do Cepea/Esalq referentes à terça-feira (04), houve queda em todas as praças produtoras analisadas pelo órgão. Em Santa Catarina, a redução foi de 1,46%, com preço de R$ 4,72/kg, no Paraná, baixa de 1%, chegando em R$ 4,93/kg, e desvalorização de 0,97% em São Paulo, fechando em R$ 5,12/kg. No rio Grande do Sul, a queda foi de 0,83%, cravando R$ 4,78/kg, enquanto em Minas Gerais, de 0,18%, cotado em R$ 5,49/kg.

Fonte: Notícias Agrícolas

Relacionados

Deixe um Comentário