ABPA e Apex-Brasil lideram ação com agroindústrias durante Gulfood 2021

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), liderará um grupo com agroindústrias exportadoras de proteína animal durante  a Gulfood 2021, maior feira de alimentos do Oriente Médio, que acontece entre os dias 21 e 25 de fevereiro, em Dubai (Emirados Árabes Unidos).

É a primeira grande ação internacional das indústrias exportadoras de aves, ovos e suínos desde o início da pandemia.

Diversas agroindústrias participam da ação. São elas: Agroaraçá; Bello Alimentos; BRF; Copacol; Granja Faria; Integra (Gt Foods); Naturovos e Netto Alimentos.

A ação contará com um espaço de mais de 360 m² adaptado às novas medidas de segurança de distanciamento social, com salas e estrutura para a realização de encontros de negócios para as empresas participantes dos projetos setoriais Brazilian Chicken, Brazilian Egg e Brazilian Breeders – marcas internacionais da avicultura do Brasil.

No espaço gastronômico do mezanino do estande serão distribuídos shawarmas de frango – prato originalmente do Oriente Médio – e omeletes, preparados com produtos brasileiros para apreciação dos visitantes.

“A participação das indústrias brasileiras na Gulfood este ano é uma oportunidade inquestionável para o aquecimento dos negócios e ampliação das exportações. Dubai é ponto de encontro internacional entre exportadores e importadores, em especial dos países árabes, da Ásia e África – mercados de extrema importância para nosso setor ao longo do último ano”, analisa Ricardo Santin, presidente da ABPA.

SOBRE A ABPA – A ABPA é a representação político-institucional da avicultura e da suinocultura do Brasil. Congrega centenas de empresas e entidades dos vários elos da avicultura e da suinocultura do Brasil, responsáveis por uma pauta exportadora superior a US$ 8 bilhões. Sob a tutela da ABPA está a gestão, em parceria com a Apex-Brasil, das quatro marcas setoriais das exportações brasileiras de aves, ovos e suínos: Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Breeders e Brazilian Pork. Por meio de suas marcas setoriais, a ABPA promove ações especiais em mercados-alvo e divulga os diferenciais dos produtos avícolas e suinícolas do Brasil – como a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da produção – e fomenta novos negócios para a cadeia exportadora de ovos, de material genético, de carne de frangos e de suínos.

SOBRE A APEX-BRASIL – A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, e visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira, entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil. A Apex-Brasil também atua de forma coordenada com atores públicos e privados para atrair investimentos estrangeiros diretos (IED) ao Brasil, com foco em setores estratégicos para o desenvolvimento da competitividade das empresas brasileiras e do país.

SOBRE AS MARCAS SETORIAIS – Os Projetos Setoriais Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Breeders e Brazilian Pork são mantidos pela ABPA em parceria com a Apex-Brasil com o objetivo de promover junto ao mercado internacional as carnes de frangos, de suínos, ovos e material genético produzidos no Brasil.  Por meio da participação em feiras, realização de workshops e outras ações especiais de promoção comercial, os projetos valorizam atributos destes setores produtivos – como a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da produção – e valorizam as marcas internacionais dos produtos, fomentando novos negócios para os exportadores brasileiros.  Cerca de 45 empresas participam dos projetos atualmente. Informações sobre como fazer parte dos projetos setoriais podem ser obtidas pelo e-mail [email protected].

Relacionados

Deixe um Comentário