Alemanha confirma primeiros casos de Peste Suína Africana (PSA) em fazendas

A Alemanha confirmou a detecção dos primeiros casos de peste suína africana em animais de fazendas, disse o Ministério da Agricultura federal nesta sexta-feira. A doença foi encontrada em porcos de duas fazendas no Estado de Brandemburgo, no leste do país.

Casos anteriores haviam sido registrados somente em animais selvagens, com 1.267 casos tendo sido confirmados em javalis na área de Brandemburgo até o momento. A região faz fronteira com a Polônia, por onde a doença já se espalhou. A China e outros países compradores de carne suína proibiram importações da proteína proveniente da Alemanha em setembro de 2020, após a confirmação do primeiro caso em animais selvagens. As proibições de importação estabelecidas pela China e por outros grandes compradores asiáticos seguem em vigor.

O Ministério da Agricultura alemão disse que o instituto científico Friedrich-Loeffler confirmou que os animais de fazenda possuíam a peste suína africana. A doença foi encontrada em porcos de uma fazenda orgânica com 200 animais e em uma pequena propriedade com apenas dois suínos, segundo o Ministério da Saúde de Brandemburgo. Todos os animais foram sacrificados.

Relacionados

Deixe um Comentário