Animais de produção não são suscetíveis e nem transmitem Covid-19

Cientistas e funcionários do Serviço de Pesquisa Agrícola (ARS, na sigla em inglês) estudam o Covid-19 há mais de um ano e meio para garantir que o sistema agrícola da América seja seguro. “O ARS implementou pesquisas de emergência em fevereiro de 2020 em resposta às incursões do COVID-19 nos Estados Unidos”, disse Cyril Gay , líder sênior do programa nacional da ARS para produção e proteção animal.

“O objetivo da pesquisa era confirmar que os animais de fazenda não eram suscetíveis ao vírus SARS-CoV-2 e eliminar as possíveis preocupações de animais de produção se infectarem e transmitirem o vírus às pessoas por meio de contato direto ou através de produtos agrícolas.” O ARS possui laboratórios e pessoal dedicado à pesquisa de patógenos especialmente perigosos, incluindo agentes zoonóticos emergentes como o SARS-CoV-2. COVID-19 é o termo usado para a doença, enquanto SARS-CoV-2 é a sigla para o nome dos vírus que causam COVID-19.

Fonte: Avisite

Relacionados

Deixe um Comentário