Índia permitirá importações de carne suína dos EUA

A Índia concordou em permitir importações de carne suína e de produtos suínos dos Estados Unidos para a Índia, removendo uma barreira de longa data ao comércio agrícola dos Estados Unidos, disseram nesta segunda-feira a representante comercial dos Estados Unidos, Katherine Tai, e o secretário de Agricultura, Tom Vilsack.

“O acordo da Índia para permitir a importação de carne suína dos EUA pela primeira vez é uma ótima notícia para os produtores dos EUA e para os consumidores indianos”, disse Tai em comunicado.

Vilsack disse que Washington está trabalhando para garantir que a indústria de suínos dos EUA possa começar a enviar produtos para a Índia o mais rápido possível. Ele disse que o acordo marcou o culminar de duas décadas de busca de acesso ao mercado de carne suína dos EUA para a Índia.

Em 2020, os Estados Unidos foram o terceiro maior produtor mundial de carne suína e o segundo maior exportador, com vendas globais de suínos e produtos suínos avaliados em US$ 7,7 bilhões. No ano fiscal de 2021, os Estados Unidos exportaram mais de US$ 1,6 bilhão em produtos agrícolas para a Índia.

Em um renovado Fórum de Política Comercial EUA-Índia em Nova Délhi em novembro passado, a Índia e os Estados Unidos concordaram em expandir o comércio de alguns produtos agrícolas, incluindo cerejas americanas, alfafa e grãos secos de destilaria, bem como mangas, uvas, camarões e búfalos indianos. 

O primeiro-ministro indiano Narendra Modi se encontrou com o presidente Joe Biden em Washington em setembro e ambos os líderes concordaram em expandir os laços comerciais para fortalecer as relações entre as maiores e mais ricas democracias do mundo.

Fonte: Reuters

Relacionados

Deixe um Comentário