Inflação ao produtor na China desafia aumento global

A inflação ao produtor na China desacelerou para mínima de um ano em abril, uma vez que os esforços de produção do Estado sustentaram a oferta e os lockdowns contra a Covid-19 esfriaram a demanda, dando às autoridades margem de manobra para mais estímulos. Os preços ao consumidor subiram no ritmo mais rápido em cinco meses à medida que os lockdowns generalizados nas principais cidades atingiram o fornecimento de artigos domésticos, mas permaneceram relativamente benignos apesar do aumento dos custos globais das commodities, o que forçou os bancos centrais em outros países a aumentarem rapidamente as taxas de juros.

Relacionados

Deixe um Comentário