SC bate recorde em receita de exportação suína em janeiro de 2020

O mês de janeiro deste ano foi de resultado positivo para a exportação de carne suína catarinense, que bateu recorde de receitas geradas num único mês pelas exportações de carne suína do estado. De acordo com o Boletim Agropecuário do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), o faturamento no mês foi de US$91,76 milhões, alta de 1,7% em relação a dezembro e de 74,2% na comparação com janeiro de 2019.

O estado foi responsável por 56,2% das receitas e 57,0% da quantidade de carne suína exportada pelo Brasil em janeiro

Segundo o boletim, Santa Catarina exportou 38,56 mil toneladas de carne suína (in natura, industrializada e miúdos) em janeiro, alta de 2,0% em relação ao mês anterior e de 31,6% na comparação com janeiro de 2019. Esse é o segundo maior volume já exportado num único mês, ficando atrás apenas de julho de 2018.

A média de valor por tonelada exportada também deve alta. O valor de US$2.495,47/tonelada representa aumento de 0,35% em relação a dezembro, e de 29,96% quando comparado a janeiro de 2019.

DESTINO – A China continua sendo o principal destino da carne suína catarinense, tendo adquirido em janeiro 19,96 mil toneladas com preço de US$51,36 milhões, volume que representa 56,0% do total exportado pelo estado.

Em comparação com janeiro do ano passado, quando o Brasil começava a sair de uma crise na área da pecuária, as compras de carne suína pela China aumentaram 221,8% em valor e 150,7% em quantidade.

boletim epagri cepa suíno janeiro 2020

Fonte: Notícias Agrícolas + Epagri/Cepa

Related Posts

Leave A Reply