ABCS informa: ‘Abastecimento de Proteínas no Mercado Brasileiro’

As cadeias de valor da proteína animal brasileira unem esforços no
enfrentamento da epidemia do Corona Vírus (Covid-19) no Brasil com
objetivo de manter a oferta e o abastecimento de carne suína e aves,
alimentos essenciais para a saúde do consumidor brasileiro.
Representamos essas cadeias, cujo o processo produtivo é intenso e
industrial, e entregamos juntos proteínas que colaboram para a
manutenção do sistema imunológico dos consumidores.
As granjas, as indústrias frigoríficas e os supermercados do Brasil não
interromperam seu funcionamento e estão priorizando o cumprimento das
normas do Ministério da Saúde com relação às medidas preventivas para
garantir o bem-estar e a segurança de todos os colaboradores e clientes.
Aos nossos milhares de consumidores, reforçamos nosso compromisso
com a manutenção de preços justos e na oferta de cortes de frango e
suínos nas gôndolas. Trabalharemos com afinco para que a população
possa se concentrar no cuidado com o seu maior patrimônio: a sua família!
Também queremos tranquilizá-los em relação às notícias falsas sobre esse
abastecimento.
Agradecemos aos mais de quatro milhões de profissionais que trabalham
em prol dessa cadeia de valor e que, nesse momento, não medem esforços
e trabalham incansavelmente frente à tantos desafios para que, da granja à
mesa, o propósito de melhorar a experiência humana e colaborar com a
sociedade sejam desempenhados!

Marcelo Lopes
Presidente da Associação Brasileira dos Criadores

Francisco Turra
Presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA)

João Sanzovo Neto
Presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras)

Relacionados

Deixe um Comentário